Banco do Povo bate recorde logo no 1º trimestre de 2012

O Banco do Povo Paulista (BPP), programa de microcrédito produtivo desenvolvido pelo Governo do Estado de São Paulo e administrado pela Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (SERT), acaba de bater mais um recorde. Logo nos três primeiros meses de 2012, foram emprestados R$ 58,4 milhões, o que representa um crescimento de mais de 135% em relação ao mesmo período do ano passado. Quanto às operações, apenas neste começo de ano, foram, aproximadamente, 11 mil, equivalendo a um aumento de 66% quando comparado ao início de 2011.

Desde a implantação do BPP, em 1998, já foram emprestados mais de R$ 922 milhões e realizadas mais de 274 mil operações de créditos.

Segundo o secretário de Estado do Emprego e Relações do Trabalho, Carlos Ortiz, o programa está em seu período de melhor desempenho e a expectativa é de que, até o mês de agosto, seja atingida a marca de R$ 1 bilhão de empréstimos.

“Outra meta, determinada pelo Governador Geraldo Alckmim, é implementar o Banco do Povo em todos os 645 municípios do Estado até o final de 2014”, declarou Carlos Ortiz.

Hoje, o Banco do Povo é o único programa que oferece microcrédito a pequenos empresários com a menor taxa de juros do país, de 0,5% ao mês. Outra novidade implantada em 2011 pelo programa e que trouxe grandes benefícios aos microempreendedores foi o aumento de 100% no limite de crédito, que passou de R$ 7.500 para R$ 15.000.

Ao todo, já são 484 unidades do BPP espalhadas por 469 municípios em todo o Estado. Só na Capital, estão presentes 16 unidades.