Banco do Povo Paulista inaugura unidade em Catiguá

Objetivo da Secretaria é levar o Banco aos 645 municípios paulistas

São Paulo, 30 de abril de 2014 – Quinhentos e vinte e nove. Graças à inauguração da unidade de Catiguá do Banco do Povo Paulista (BPP), na região de São José do Rio Preto, esse é o atual número de unidades que o programa de microcrédito do Governo do Estado de São Paulo, gerenciado pela Secretaria Estadual do Emprego e Relações do Trabalho (SERT), alcançou nesta terça-feira (29).

A implantação da agência faz parte da caravana que tem almeja levar o programa de microcrédito aos 645 municípios paulistas neste ano. Com a unidade de Catiguá, o BPP alcançou 75 municípios da região de Rio Preto. O novo Banco, localizado na Avenida José Zancaner, 479-1, começa suas operações com linha de crédito inicial de R$ 100 mil.

A solenidade de implantação do Banco do Povo Paulista contou com o secretário estadual do Emprego, Tadeu Morais; o diretor-executivo do BPP, Antonio Mendonça; o prefeito João Ernesto Nicoleti; o vice-prefeito, Valdeci Cesar Grava, e o presidente da Câmara, João Basaglia. O diretor regional da SERT, Francisco Marques; a gestora do Banco, Cátia Maria Mieli; o agente de crédito, Igor Oliveira Grava, autoridades locais e munícipes também acompanharam a inauguração.

Gerenciado pela SERT, o BPP, maior programa estadual de microcrédito do País, pratica a menor taxa real de juros do país: 0,35% mensais. As linhas de crédito disponíveis aos microempreendedores variam entre R$200 e R$ 20 mil, e podem ser pagas em até 36 meses.

“O Banco do Povo Paulista foi criado para beneficiar as pessoas. Com juros de 0,35% mensais, o Governo do Estado dá condições ao trabalhador que sonha ser dono de seu próprio negócio e também fomenta o crescimento regional”, afirmou o secretário Morais.

Nicoleti, prefeito de Catiguá, afirmou que o Banco foi uma das maiores conquistas de sua gestão. “É com satisfação que recebemos essa unidade em nosso município, que realmente necessita desse auxílio estadual. Acreditamos que o Banco do Povo Paulista trará desenvolvimento econômico à nossa cidade”.

Para o diretor-executivo do BPP, Antonio Mendonça, a implantação do Banco mudará a vida dos cidadãos de Catiguá. “A cabeleireira e a manicure que sonham em ampliar seus negócios, encontram no programa de microcrédito um grande incentivo para dar o primeiro passo. E se tornar um microempresário é possível com o Banco do Povo Paulista, porque além de juros reais de menos de 5% ao ano, é possível pagar o valor do empréstimo em até 36 meses”, finalizou.

Sobre o Banco do Povo Paulista

Em 15 anos de atuação, o BPP beneficiou aproximadamente 345 mil famílias em todo o Estado. As linhas de crédito do BPP variam de R$ 200 a R$ 20 mil (pessoas físicas e jurídicas) e podem ser pagas em até 36 meses. O BPP tem juros mensais de 0,35%, a menor taxa do Brasil.

Produtores rurais, mutuários da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), motofretistas e taxistas também têm linhas especiais de crédito através do Banco. A taxa de juros é a mesma oferecida aos microempreendedores, 0,35% mensais.

Para conferir a relação completa de endereços das agências, acesse: www.bancodopovo.sp.gov.br

Confira o álbum aqui.

Silvana Chaves

Assessoria de Imprensa da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho