Caravana da Inclusão chega a Guaratinguetá nesta sexta (31)

A 6ª Caravana da Inclusão, Acessibilidade e Cidadania, realizada pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, chega a Guaratinguetá nesta sexta-feira (31 de julho), a partir das 8h30. O município dispõe de mais de 22 mil pessoas com deficiência em sua região, conforme o Censo IBGE/2010.

caravana cidadania

A Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho participa com o Programa de Apoio à Pessoa com Deficiência da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (PADEF). O Estado conta com 250 Postos de Atendimento ao Trabalhador (PATs) para cadastramento às vagas disponíveis e outros serviços de apoio. Também é possível utilizar o site www.empregasaopaulo.sp.gov.br com essa finalidade.

No entanto, durante o evento os visitantes poderão aproveitar para se cadastrar para essas oportunidades, bem como fazer suas Carteiras de Trabalho – primeira e segunda vias, a partir dos 14 anos de idade, caso ainda não possuam. Os interessados devem levar RG, CPF, Certidão de Nascimento ou de Casamento e uma foto 3×4.

SERT será representada pela supervisora do PADEF, Marinalva Cruz. Com 20 anos de existência, o programa auxilia pessoas com deficiência a serem inseridas no mercado de trabalho. No total, quase 15,5 mil pessoas conseguiram emprego por intermédio dele.

“Lembrando que na sexta-feira passada comemoramos os 24 anos da Lei de Cotas, momento de rever as conquistas, os direitos e desafios das pessoas com deficiência”, ressalta Marinalva. A lei, instituída em julho de 1991, determina em seu artigo 93 que empresas com cem funcionários ou mais reservem entre 2% a 5% de suas vagas para pessoas com deficiência ou beneficiários reabilitados pelo INSS.

De acordo com o censo do IBGE de 2010, há quase 46 milhões de brasileiros com algum tipo de deficiência (23,9% da população). No Estado, eles somam mais de 9,3 milhões. O cálculo do PADEF é que, tirando-se desse total os menores de 16 anos – que ainda não entram no mercado pela lei, os maiores de 60 e os que têm deficiências que não se enquadram nessa legislação, o número de trabalhadores com deficiências disponíveis para o mercado geralmente cai pela metade.

Mais sobre a caravana
Realizada em parceria com a União dos Vereadores do Estado de São Paulo (Uvesp), o Conselho Estadual para Assuntos da Pessoa com Deficiência, a Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) e diversos apoiadores, o foco da caravana deste ano é a prevenção e o enfrentamento à violência contra pessoas com deficiência.

Iniciada em abril, a ação já passou por Socorro, Boraceia, Santa Fé do Sul e Franca. A programação segue até o final do ano, totalizando 13 municípios. O evento costuma contar com desfile de moda inclusiva, apresentação artística, palestras (incluindo do PADEF, que também emite carteiras de trabalho, cadastra para vagas, orienta candidatos e empregadores), encontro sobre violência e apresentação dos principais projetos da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

Agenda – outras cidades:
7/8 – Mogi Mirim
28/8 – Boituva
11/9 – Santa Cruz do Rio Pardo
25/9 – Ilhabela
23/10 – Cajati
6/11 – Dracena
27/11 – Presidente Epitácio
11/12 – Valinhos

Serviço:
6ª Caravana da Inclusão, Acessibilidade e Cidadania – Guaratinguetá
Data:
31 de julho, sexta
Horário:
das 8h30 às 17h
Local:
Sociedade Hípica de Guaratinguetá
Estrada do Piaguí, 2.255, Colônia do Piaguí

Adriana Rota
Assessoria de Imprensa da SERT