Ciclo Desenvolvimento Econômico: visão de futuro para Piracicaba

Olá, meus amigos! Por onde ando, faço questão de destacar a capacidade que as entidades e órgãos públicos de Piracicaba têm de se unir em torno de temas relevantes para o desenvolvimento econômico da região, independentemente de interesses de grupos ou coloração partidária. É realmente uma cidade que vem pensando estrategicamente o futuro há muitos anos, o que a difere de muitas do mesmo porte e até maiores.

Como todos sabem, estou secretário estadual do Emprego e Relações do Trabalho, mas minha base e meu coração é sindicalista, e acho essencial a atuação de organizações nas comunidades onde estão. No último dia 17 tive a oportunidade de participar de uma grande iniciativa, a primeira edição do Ciclo Desenvolvimento Econômico – Piracicaba 2017. Fiz questão de prestigiar, mesmo estando no período de férias da Pasta. Na ocasião, o presidente da Caterpillar Brasil, Odair Renosto, foi o expositor.

Os próprios realizadores batizaram a ação de “força-tarefa”. Dentre eles estão nosso Sindicato dos Metalúrgicos, a Associação Comercial e Industrial de Piracicaba (Acipi), o Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas, de Material Elétrico, Eletrônico, Siderúrgicas, Fundições e Similares de Piracicaba e Região (Simespi) e a Prefeitura, contando com o apoio da Gazeta de Piracicaba.

Diante da crise massacrante pela qual o trabalhador vem passando nos últimos anos, qual a solução senão aumentar o diálogo com o empresariado e atuar fortemente com o objetivo de promover uma retomada de investimentos? Foi apenas a primeira de uma série de quatro palestras que seguirão até setembro, com a presença de nomes de “peso” das multinacionais instaladas em Piracicaba: Caterpillar, Raízen/Cosan, Hyundai e ArcelorMittal. Suas atividades e demandas estão sendo colocadas para os participantes, permitindo entender os critérios utilizados nos negócios e promovendo um estreitamento nas relações.

O detalhe é que a participação no evento, realizado no auditório da Acipi, é totalmente gratuita. Isso democratiza a participação e o conhecimento, essencial nos dias de hoje. Temas relacionados à economia mundial, brasileira, ambiente de negócios para Piracicaba e região, oportunidades, além de orientações a possíveis fornecedores estão no foco.

O que precisamos ter em mente é que a economia vai, sim, reagir em algum momento. Pode até ser lentamente, mas temos de estar preparados para responder à altura, oferecendo mão de obra qualificada, infraestrutura, políticas públicas adequadas e aumentando a segurança de que haverá retorno dos investimentos.

Piracicaba tem bom acesso por estradas, o esgoto é tratado na totalidade, possui escolas técnicas de excelência, isso para citar apenas alguns benefícios.

A preservação do emprego e o aumento da empregabilidade depende também de conseguirmos atender a contento as multinacionais que já nos deram crédito se instalando por aqui e atraindo mais empresas. A cidade sempre contribuiu para manter o Estado no patamar de destaque atual e o futuro promete, principalmente se continuarmos conseguindo conjugar forças como vem ocorrendo.

José Luiz Ribeiro, o Zé Luiz, é secretário de Estado do Emprego e Relações do Trabalho