Em Maceió, Ortiz participa da reunião do FONSET

Por meio do seu secretário Carlos Ortiz, a Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (SERT) esteve representada na manhã da última sexta-feira (23) na 88ª Reunião do Fórum Nacional de Secretarias de Trabalho (FONSET). O hotel Radisson, em Maceió (AL), recebeu diversas autoridades. Entre elas, o governador local em exercício, José Tomaz Nonô; o presidente da Assembleia Legislativa, Fernando Toledo; o secretário-executivo do Ministério do Trabalho, Marcelo Aguiar; a diretora da Organização Internacional do Trabalho (OIT) no Brasil, Laís Abramo; o presidente do Fórum, Claúdio Romanelli; além de outros secretários do Trabalho do país.

Segundo Ortiz, “as discussões desses encontros são sempre muito produtivas. É uma troca de experiências importante para o desenvolvimento de novas políticas públicas”.Por sua vez, o secretário-executivo do Ministério do Trabalho, Marcelo Aguiar, falou da parceria do Ministério do Trabalho com os estados em atender ao pleito do FONSET quanto à liberação, já a partir de 2013, dos recursos do convênio em apenas duas parcelas, a fim de desburocratizar o sistema. Ele citou a melhoria no sistema do MTE Mais Emprego e colocou exemplos bem sucedidos de outros ministérios que podem ser utilizados como referência, a exemplo do FUNDEB – Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica.  “Nas discussões com os estados, iremos encontrar uma saída para unificar a 3ª e  4ª parcelas o convênio, que tem impacto direto nas ações dos estados”.

Romanelli falou ainda dos avanços a serem obtidos nas discussões sobre a orientação profissional e os programas de conversão profissional junto ao trabalhador da cana-de-açúcar.  “São gerações de pessoas excluídas do ponto de vista social. De acordo com cada estado, a partir de 2014 a mecanização vai substituir grande parte desses trabalhadores. Será um enorme desafio e temos que buscar alternativas para essa reconversão”, concluiu o presidente.

A abertura da reunião foi encerrada pelo governador em exercício. Nonô abordou a preocupação com relação à mecanização, de acordo com a realidade de cada região. “É um contingente enorme e ninguém melhor do que secretários de Trabalho de todo o país para se debruçarem diante desse tema importante. Os desafios são enormes mas, tenho certeza, que esse encontro trará grandes avanços que contribuirão com a melhoria nas relações de trabalho”, disse.

Fonte: ASCOM SETEQ/AL

Confira fotos no Flickr