Em parceria com a SERT, SmartFit contrata 100 funcionários

25535764313_6671363695_zIntermediado pela Morhena RH, processo seletivo teve mais 90% de aprovação

Nesta quarta-feira (30), a Morhena RH, empresa especialista em recursos humanos, finalizou o processo seletivo que admitiu 100 pessoas para a vaga de auxiliar de limpeza. Os aprovados trabalharão a partir de amanhã nas academias da rede SmartFit.

O processo seletivo foi realizado em parceria com a Coordenadoria de Operações (COP) da SERT. Depois de um mês, mais de 100 candidatos passaram pelos testes. Destes, mais de 90% conseguiram aprovação. O salário base para todos era de R$ 1.000, além dos benefícios e da liberação para uso da academia em horário alternativo.

Hoje, foram entregues os uniformes e a documentação oficial dos aprovados. O secretário de Estado do Emprego, José Luiz Ribeiro, e o coordenador de operações da SERT, Helder Bovo, presenciaram o momento e aproveitaram para falar com os novos funcionários da SmartFit.

“Eu sempre costumo dizer que o primeiro direito do trabalhador é o emprego. Pois sem o emprego, ele não tem os outros direitos”, explica o secretário Zé Luiz. “A primeira etapa vocês já alcançaram, que é o emprego. Meu desejo é que vocês tenham muito sucesso daqui pra frente. Que vocês possam evoluir onde vocês estiverem e que nunca desistam dos seus sonhos”, completou.

“Vocês atingiram o objetivo, que era alcançar a vaga. Agora, nós queremos que vocês cresçam ainda mais”, disse Bovo. “Este é um serviço público. Nem vocês, nem a empresa gastaram um centavo sequer para estar aqui. Vocês pagam os impostos e devem ter o retorno. Para isso é que estamos aqui. Oferecer um serviço público de qualidade”, completou.

Todos os candidatos passaram por uma triagem, de acordo com o cadastro no sistema MTE/Mais Emprego, realizado em um dos 250 PATs espalhados pelo estado ou pelo portal Emprega São Paulo. Todas as quintas-feiras, diversas empresas realizam processos seletivos em parceria com a SERT.

De volta à ativa

Movido pela fé, Éder Ferreira, 31, resolveu participar do processo seletivo para a vaga. “Temos que confiar em Deus, pois é ele quem ajuda a gente nos momentos difíceis”, disse. Casado, pai de uma menina, Éder estava desempregado desde outubro do ano passado e sustentava sua casa com o seguro desemprego. “Foram dias de muita dificuldade. A gente procura alguma coisa pra não ficar sem comida e deixar todas as contas em dia, mas sem um emprego, fica difícil”.

26045896352_69158c60df_z

Agora que conseguiu a vaga de auxiliar de limpeza, o morador da Vila Missionária, zona sul da Capital, já sabe o que vai fazer com o dinheiro. “Vou juntar o dinheiro para comprar um carro para minha família e reformar minha casinha”, disse sorridente.

O sonho também é compartilhado Fernando Lima, 32, morador da Freguesia do Ó. “Vou comprar um carro!”, disse com firmeza. Após três meses desempregado, Fernando já vai começar o serviço na sexta-feira. “Voltar a trabalhar é um motivo de muito orgulho pra mim”, afirmou.