Encontro de Aprendizagem discute futuro de jovens e adolescentes no mundo do trabalho

Nesta sexta-feira, o Centro Paula Souza realizou o IV Encontro dos Parceiros da Aprendizagem, no bairro da Santa Efigênia, centro da capital paulista. O evento reuniu professores, empresas e técnicos envolvidos na gestão e operação do programa Aprendiz Paulista nas Escolas Técnicas (ETECs) do estado de São Paulo.

O secretário-adjunto de estado do Emprego, Eufrozino Pereira, compareceu ao encontro e falou sobre o papel das ETECs na formação dos alunos. “As escolas precisam preparar os jovens, transformando-os em cidadãos”, disse o secretário.

Também estiveram presentes o coordenador de ensino tecnológico e profissionalizante da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, Deizo de Souza, representante da superintendência do Centro Paula Souza, profª Sônia Charpentier, a coordenadora de empresas parceiras do programa, Clara Magalhães, o supervisor do Aprendiz Paulista, Leandro Gouveia, entre outros representantes.

“Este encontro tem a missão e a preocupação de mostrar que os esforços precisam ser feitos para incluir os adolescentes no mercado de trabalho”, explicou Clara.

Em nome do secretário Márcio França, Deizo destacou o envolvimento dos representantes em prol de um bem maior. “Estamos aqui para trocar idéias. Para entender o que acontece em todas as partes do processo”, disse.

“Não teria sentido pensar apenas na formação. É preciso inserir o aluno no mercado de trabalho”, afirmou Sônia. “Quando os gestores se empenham no projeto, as coisas acontecem. Em conjunto, conseguimos ampliar o processo de aprendizagem”, completou.

Durante o dia, empresas como a Hyundai e instituições como o Hospital São Paulo e o Hospital Santa Marcelina puderam apresentar relatórios de desempenho com os aprendizes contratados.

Sobre o Aprendiz Paulista

O Aprendiz Paulista é um programa voltado à promoção de uma vivência no mundo do trabalho para os alunos de todas as escolas técnicas do Centro Paula Souza, com idade entre 14 e 24 anos. Basta que o aluno cadastre-se para que empregadores tenham acesso ao seu perfil, onde o mesmo convoca para processos seletivos aqueles alunos cujo perfil atenda às suas expectativas.

O Programa viabiliza uma intermediação sem custo para o empregador entre a busca por um trabalho técnico-profissional e o preenchimento das vagas para aprendizes, ofertadas por empresas que se cadastram no Emprega São Paulo de forma gratuita aos alunos matriculados nos cursos técnicos do Centro Paula Souza. Tal intermediação é feita através do portal do Emprega São Paulo (www.empregasaopaulo.sp.gov.br).

Vale citar que a contratação do aprendiz não é feita em regime de estágio, e sim em regime CLT, através de um contrato especial por tempo determinado e registro em carteira profissional.

Assessoria de Imprensa da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (SERT/SP)