Jardinópolis: 2017 com número de admissões maior que o de demissões

Setor de comércio terminou o ano fortalecido

Pelo segundo ano consecutivo, a “Terra da Manga” obteve saldo positivo no número de empregos.

As funções que mais abriram novas vagas foram as de promotor de vendas, com 113 contratações; alimentador de linha de produção, 87; professor da educação de jovens e adultos do ensino fundamental, 18; operador de caixa, com 16; recepcionista, 14; auxiliar de escritório, 14; operador de produção, 13; frentista, 13; operador de máquina perfuratriz, 13; e operador de câmaras frias, com 12 contratações a mais durante todo o ano.

Destaque para as atividades que registraram aumento no número de admissões pelo segundo ano consecutivo, que foram de promotor de vendas, alimentador de linha de produção, professor da educação de jovens e adultos do ensino fundamental, auxiliar de escritório, motorista de caminhão e operador de câmaras frias.

Outras contratações como comerciante varejista, repositor de mercadorias e assistente de vendas validam o setor de comércio como o que mais se recuperou e desenvolveu durante o ano de 2017, com  tendência de crescimento também em 2018.

O setor de agropecuária foi o que mais fechou vagas, sendo as funções de trabalhador da cultura de cana-de-açúcar, trabalhador da avicultura de postura, tratorista agrícola e trabalhador da avicultura de corte as atividades que registraram maior número de demissões.

Ismael Colosi é diretor-regional da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Estado de São Paulo em Ribeirão Preto