José Luiz Ribeiro participa de inauguração de usina em Piracicaba

Geraldo Alckmin, Dilma Rouseff e outras autoridades também prestigiaram o evento

O secretário Estadual do Emprego, José Luiz Ribeiro, participou na última quarta-feira (22), em Piracicaba, da inauguração da fábrica de Etanol de Segunda Geração (2G) da Raízen.   A empresa, que é uma das principais distribuidoras de combustíveis do Brasil, atua na cidade na produção de açúcar e etanol e é uma das cinco maiores do Brasil em faturamento.

19937454312_94e1d528ea_o

A fábrica, que produzirá o Etanol de segunda geração (2G), fica anexa à Usina Costa Pinto e tem capacidade para produzir 40 milhões de litros de etanol por safra. A Raízen prevê um ganho de 50% em sua produtividade, sem precisar aumentar a área de plantio de cana. O etanol 2G tem a mesma eficiência nos veículos que o biocombustível tradicional, conforme a empresa.

Além da produção de energia limpa, a inauguração leva para a região mais oportunidades de emprego e geração de renda, conforme ressaltou o secretário Zé Luiz. “Essa inauguração é um marco para Piracicaba e traz inovação para o Brasil. É com muito orgulho que participo deste evento.”

Também prestigiaram a inauguração, a presidente Dilma Rouseff, o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga,o prefeito de Piracicaba, Gabriel Ferrato, e outras autoridades locais.

“É uma alegria estar aqui neste momento histórico. Tem importância ambiental e na geração de emprego. Em São Paulo, a cadeia do setor sucroalcooleiro tem 500 mil empregos, também fundamental para a questão energética, além de diminuir a importação da gasolina. O etanol é energia limpa, evita poluição”, disse o governador.

19756831890_d66e4c0618_o

Alckmin ainda ressaltou os incentivos fiscais dados pelo Estado de São Paulo ao setor. “Nós tiramos os tributos para Retrofit das usinas, reduzimos o ICMS do etanol de 25% pra 12%, tiramos o ICMS para o alcoolduto, simplificamos toda a área tributária para facilitar a parceria dos produtores de cana com as usinas, além da pesquisa, enfim, é um compromisso muito grande.”.

Ana Silvestre

Assessoria de Imprensa da SERT

(com informações do Governo do Estado)