Líder no Estado, Banco do Povo Paulista de Ribeirão Preto empresta R$ 4,4 milhões

Banco do Povo Paulista Ribeirão Preto é a unidade mais produtiva do Estado (foto: Paulo Cesar Rocha)

Foram R$ 12,6 milhões concedidos na região; programa oferece menor taxa de juros do país: 0,35% ao mês

São Paulo, 14 de janeiro de 2015 – Responsável por promover o empreendedorismo, o Banco do Povo Paulista (BPP), gerenciado pela Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (SERT), emprestou R$ 225,84 milhões no ano passado em todo o Estado, a maior marca nos 16 anos do programa. Mais de 37 mil cidadãos – pessoas físicas e jurídicas – puderam investir em seus negócios subsidiados pela menor taxa de juros oferecida no país: 0,35% ao mês.

Do montante, R$ 12,6 milhões foram concedidos para 2017 empreendedores na regional Ribeirão Preto, que conta com 22 unidades ativas. Houve crescimento de 20,7% nos empréstimos no comparativo com 2013 (R$ 10,4 milhões).

No acumulado, o BPP já emprestou R$ 84,4 milhões para mais de 20 mil pessoas da região.

Destaque estadual

A unidade ribeirão-pretana encabeça a lista das agências mais produtivas do Estado:

MUNICÍPIO – UNIDADE BPP

  OPERAÇÕES 

  R$ EMPRESTADOS  

RIBEIRÃO PRETO

684

4.447.660

FRANCA

468

2.744.356

SOROCABA

440

2.397.064

AMPARO

435

2.510.306

ARAÇATUBA

432

2.552.167

AVARÉ

411

2.525.923

RIO CLARO

410

2.687.745

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

407

2.385.844

SÃO CARLOS

395

2.506.787

10º

PRESIDENTE PRUDENTE

385

2.477.947

Para o secretário estadual do Emprego, João Dado, “o esforço do governo paulista em ampliar as políticas públicas de apoio ao empreendedorismo explica este progresso”. Entre os incentivos, o titular da pasta ressalta as mudanças ocorridas em fevereiro do ano passado, com a taxa de juros (antes era de 0,5%) e o aumento do limite de crédito, passando de R$ 15 para R$ 20 mil.

Atualmente, o Estado conta com 535 cidades parceiras e 677 agentes de crédito. “Conseguimos ampliar a democratização das linhas de crédito do Banco do Povo Paulista, transformar a vida de muitos empreendedores, fomentar as economias municipais e contribuir na criação de postos de trabalho, diretos ou indiretos”, conta Antonio Mendonça, diretor-executivo do programa.

Empreendedorismo em alta: O BPP no Estado

Comparativo 2013 2014 Crescimento
Empréstimos R$ 193,02 milhões R$ 225,84 milhões 17%
Operações 35 mil 37,7 mil 7,75%

Podem solicitar empréstimos pessoas físicas (PF) ou jurídicas (PJ) desde que não ultrapassem faturamento mensal de R$ 30 mil ou R$ 360 mil ao ano. Trata-se de crédito para fins produtivos. O prazo de pagamento varia entre 24 parcelas para PF e 36 para PJ.

Linhas especiais

O BPP também oferece quatro linhas de crédito especiais:

Mutuários da CDHU – O valor do empréstimo varia de R$ 200 a R$ 7,5 mil, que podem ser pagos em até 36 vezes.

Motofretistas – Até R$ 6 mil para compra de novas motocicletas ou de equipamentos para atender à lei. Pagamento em até 24 vezes.

Taxistas – Profissionais deste setor podem solicitar até R$ 15 mil e quitar as parcelas em até 24 meses.

Produtores rurais (MEI e microempresa) – No primeiro empréstimo, os produtores rurais podem solicitar até R$ 7,5 mil. A partir do quarto contrato, R$ 20 mil.

Confira relação completa de agências, no site: www.bancodopovo.sp.gov.br

Tadeu Inácio

Assessoria de Imprensa da SERT