Limeira celebra 15 anos de atuação do Banco do Povo Paulista

Secretário Tadeu Morais durante discurso na celebração (Foto: Paulo Cesar Rocha)

Unidade atendeu 2,4 mil empreendedores e emprestou R$ 8,8 milhões

Limeira, 3 de novembro de 2014 – O crescimento da economia e a geração de postos de trabalho foram alguns dos pontos destacados na celebração do 15º aniversário do Banco do Povo Paulista (BPP) de Limeira, ocorrida na manhã desta segunda-feira (3). A unidade – localizada no Pátio Office, Rua Carlos Gomes, 1321, 1º andar – recebeu o secretário de Estado do Emprego, Tadeu Morais, o prefeito Paulo Hadich, a diretora regional da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (SERT), Maria José, microempreendedores locais atendidos pelo programa, entre outros convidados.

Morais classificou a redução da taxa de juros mensal para 0,35% como “uma grande conquista de sua gestão” e parabenizou o “espírito empreendedor” do prefeito anfitrião para o sucesso do programa, o maior do país na oferta de empréstimos às atividades produtivas, na cidade. “Sem o apoio total do prefeito, o BPP não ‘anda’. O avanço do empreendedorismo contribui diretamente para a geração de muitos empregos”, disse.

Ao falar sobre a importância dos empréstimos concedidos, Hadich afirmou que o primeiro dinheiro é o mais difícil. “Com este apoio inicial, o empreendedor consegue fazer a ‘roda da economia girar’. O Banco do Povo Paulista tem contribuído para essas histórias.”

Elenice Claudiano iniciou seu negócio de bordados personalizados no BPP Limeira (Foto: Paulo Cesar Rocha)

Acreditar no potencial

No geral, foram mais de 2,4 mil empreendedores beneficiados e R$ 8,8 milhões emprestados (R$ 1,42 milhão entre janeiro e outubro deste ano). Entre eles, o fotógrafo Luis Beraldo, proprietário do estúdio Fotodesign e idealizador do projeto social Bem me Ker. “O Banco foi o primeiro a acreditar em nosso potencial. É preciso divulgar esta ação para quebrar o paradigma da palavra ‘banco’. Aqui, não existem taxas e burocracias”, disse.

O discurso do fotógrafo foi reforçado pela empresária do ramo de bordados personalizados, Elenice Claudiano, 55. Em janeiro de 2013 ela foi à agência para desenvolver suas atividades com roupas de bebê, enxovais para casamento, entre outros itens. Com R$ 3 mil, divididos em 24 parcelas, comprou sua primeira máquina e material para produção. Estava pronta para começar a trabalhar nos fundos de sua casa.

“Três meses depois, eu tive que trocar a máquina para conseguir atender a demanda”, conta. Ela revela que investe todo o lucro para ampliar o negócio e que voltará à agência no ano que vem. “Hoje trabalho com duas máquinas de bordado, duas de costura, um computador e com os móveis adquiridos. No começo do ano que vem penso em pegar outro empréstimo.”

Fotos

Confira galeria completa. Clique aqui

Mais sobre o BPP

Gerenciado pela SERT, o Banco oferece linhas de crédito aos microempreendedores que variam entre R$ 200 e R$ 20 mil, que podem ser quitadas em até 36 parcelas. A taxa de juros mensal de 0,35% é a menor do país.

O programa alcança empreendedores formais ou informais, urbanos e rurais, microempreendedores individuais, produtores rurais, cooperativas e associações de produção formalmente constituídas do município.

Em 16 anos, o programa emprestou mais de R$ 1,43 bilhão a mais de 365 mil empreendedores. O BPP também disponibiliza linhas de créditos especiais destinadas a mutuários da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) que desejam reformar ou ampliar o imóvel, a motofretistas que precisam se adequar à nova regulamentação do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), a taxistas que queiram investir na profissão e produtores rurais.

Confira relação completa de agências no site: www.bancodopovo.sp.gov.br

Tadeu Inácio

Assessoria de Imprensa da SERT