Notícias

Nesta terça-feira (03/04), a Secretaria Estadual do Emprego e Relações do Trabalho (Sert), lança o programa Frente de Trabalho em dez cidades da região de São José do Rio Preto. O secretario de Estado do Emprego, Carlos Ortiz, participará das cerimônias de lançamento, que ocorrem a partir das 9h30, no município de Ariranha, e às 15h, em Valentim Gentil.  Os eventos contarão com a participação de autoridades das cidades envolvidas e dos mais de 400 inscritos no programa.

Nas cidades de Ariranha, Palmares Paulista, Pindorama, Tabapuã e Santa Adélia o lançamento acontece às 9h30 no Centro Comunitário Antônio Angelotti (rua Campos Sales, s/n – Centro – Ariranha). Já os municípios de Guarani D´Oeste, Mira Estrela, Parisi, São João das Duas Pontes e Valentim Gentil terão a cerimônia de lançamento no Centro de Convivência do Idoso (rua Emílio Bertoldo, s/n – Centro – Valentim Gentil) às 15h.

“A Frente de Trabalho tem como objetivo atender pessoas que estejam desempregadas há pelo menos um ano. A secretaria de Emprego oferece, então, cursos e bolsa-auxílio para qualificar esses profissionais e facilitar sua inserção no mercado de trabalho”, explica o secretário Carlos Ortiz.

O programa tem a duração total de nove meses. Durante esse período, os trabalhadores passam três meses apenas prestando serviços de interesse da comunidade local, como limpeza, conservação e manutenção de órgãos públicos. Nos seis meses seguintes, além do serviço, eles também participam de um curso, com duração de 150 horas, ministrado uma vez por semana. Os alunos recebem mensalmente bolsa-auxílio de R$ 210,00, auxílio alimentação de R$ 86,00 e seguro de acidentes pessoais.

Para participar do programa é preciso ser maior de 17 anos, estar desempregado há pelo menos um ano, não ser beneficiário de seguro-desemprego ou de qualquer outro programa assistencial equivalente, residir no Estado de São Paulo há no mínimo dois anos e não ter familiar que participe do programa.

Frente de Trabalho

Criada em 1999, a Frente de Trabalho é um programa de inclusão social da Sert, em parceria com diversos órgãos do Estado de São Paulo, que tem como objetivo proporcionar ocupação, qualificação profissional e renda à população desempregada. Na região de Ariranha, a secretaria disponibilizou 230 bolsas de estudo para a população. Atualmente, 2.826 trabalhadores são beneficiados pelo programa em 40 municípios.