Ortiz visita PAT Brás para projeto de ampliação

Nesta quarta-feira (03), o secretário de Estado do Emprego, Carlos Ortiz, esteve no Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) do Brás para uma inspeção. O intuito da visita foi a criação de um projeto de ampliação e reestruturação que será encaminhado ao governador do Estado, Geraldo Alckmin. Entre outras pessoas, estiveram presentes o chefe de gabinete, Tadeu Morais; o diretor regional da Capital, Eufrozino Pereira; e o Coordenador de Operações da Secretaria do Emprego, Marcos Wolf.

“A visita aqui hoje é para vermos com nossos próprios olhos em que condições estão nossos funcionários do PAT e, principalmente, qual estrutura estamos proporcionando ao trabalhador que vem em busca de emprego”, diz Ortiz.

Para Pereira, o PAT está muito bem localizado, já que dentro da estação da CPTM passam milhares de pessoas diariamente, porém é necessário mais atenção às dependências. “Está faltando uma melhor estrutura, devemos isso aos contribuintes, às pessoas que pagam seus impostos, aos nossos trabalhadores de São Paulo”, concluiu.

O PAT Brás foi inaugurado em outubro de 2002, e hoje atende diariamente cerca de 200 pessoas, que vão à procura não somente de vagas de emprego, mas, também, para dar entrada no Seguro-Desemprego, emitir carteiras de trabalho e conhecer os demais programas da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (SERT).

O local também está aberto às empresas de recrutamento e seleção, que realizam triagens para vagas em várias regiões do Estado, principalmente nas áreas de construção civil, hipermercados e agências de limpeza. “O retorno no PAT Brás é muito bom. Consigo realizar uma pré-entrevista e as pessoas já saem daqui com horário agendado para passar pelo processo seletivo no próprio local de trabalho”, informa o selecionador da empresa AMA, Dejair Ramalho.

Segundo Wolf, no primeiro momento, o objetivo da SERT é que o projeto de reestruturação chegue a todos os 12 Pats da Capital e, mais tarde, estendê-lo aos postos do interior do Estado.

“Cadastramos de 600 a 700 vagas por semana e são as empresas que entram em contato conosco. Os empresários conhecem o fluxo daqui, então, eles vêm até nós”, diz a diretora do PAT, Rozemar Lima. Ansiosa, ela espera que com o projeto de ampliação possa aumentar ainda mais o número de captação de vagas e de atendimentos.

Sobre os PATs

Os Postos têm por objetivo a busca de alternativas para a inserção dos trabalhadores no mercado de trabalho, propiciando informações e orientações ao trabalhador na procura por emprego e, aos empregadores, na busca de recursos humanos, promovendo o encontro de ambos de maneira ágil, minimizando o custo social causado pelo desemprego. Concentram os serviços prestados pela Secretaria, sendo centros de referência das políticas públicas de geração de emprego e renda.

Nos PATs são oferecidos os serviços de Intermediação de Mão de Obra, Habilitação ao Seguro-Desemprego e Emissão de Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS. Nesses locais, as pessoas também podem se inscrever no Programa Estadual de Qualificação Profissional (PEQ) e no Programa de Apoio à Pessoa com Deficiência (PADEF) – também gerenciados pela SERT.

Conheça a relação completa do PATs no Estado – Clique aqui

Fotos no Flickr