PEQ forma 90 alunos no município de Conchas

 

Alunos escolheram entre três cursos para diferentes áreas

São Paulo, 12 de junho de 2017 – Diante de um cenário de crise e difícil acesso ao mercado de trabalho, cerca de 90 cidadãos do município de Conchas, região de Botucatu, decidiram correr atrás de qualificação e aperfeiçoamento profissional por meio do Programa Estadual de Qualificação (PEQ).

Na noite da última sexta-feira (9) os formandos de três turmas ministradas no município receberam os certificados dos cursos de técnico em eletricista residencial, recursos humano e soldador. Com o objetivo de qualificar e aproximar os participantes de uma oportunidade profissional, o programa aumenta as chances de inserção do trabalhador no mercado de trabalho.

A cerimônia contou com a presença de familiares e amigos dos formandos, além de autoridades como o secretário de Estado do Emprego e Relações do Trabalho, José Luiz Ribeiro, do prefeito de Conchas, Odirlei Reis, do vice-prefeito, Sandro Roberto Del Bem, do presidente da Câmara, Miguel Elias e do diretor regional de Botucatu,  Carlos Eduardo Michellin.

O secretário José Luiz Ribeiro ressaltou aos participantes a importância de se qualificar durante a crise econômica do país. “Vocês que foram qualificados pelo PEQ estão na frente das outras pessoas no mercado de trabalho. Vocês estão mais preparados e seguros para enfrentar essa crise e driblá-la com mais conhecimento e com o mais importante, com qualificação”, afirma José Luiz Ribeiro.

Ocupação e renda extra

Maria de Lourdes, 43 anos, estava na plateia acompanhada de sua única filha. Maria é autônoma, trabalha como costureira em casa, sustenta a casa e sua filha sozinha. “Eu fiz o curso porque gosto de aprender. A gente está aqui nessa vida para isso, aprender, estudar, ensinar. Agora além de saber consertar as minhas próprias coisas dentro de casa, também posso conseguir uma renda extra para ajudar nas despesas. As coisas estão muito difíceis, a gente tem que se virar como pode”, relata Maria.

PEQ

O programa – que é gerenciado pela Secretaria Estadual do Emprego e Relações do Trabalho (SERT) – beneficiou mais de  mais de 19 mil pessoas em 2014.

O PEQ beneficia, de forma sintonizada, tanto o mercado de trabalho quanto as pessoas que procuram emprego. Os cursos foram definidos de acordo com os segmentos com maior demanda e atendem cidadãos que estão no auge da capacidade produtiva, têm grandes responsabilidades familiares e menos chance de voltarem para a escola.

Assessoria de Comunicação/SERT
Ana Silvestre