Secretário prestigia entrega de carta sindical para Sinditec

Zé Luiz representou o governador no evento

O Sindicato das Indústrias de Tecelagem, Fiação, Linhas, Tinturaria, Estamparia e Beneficiamento de Fios e Tecidos de Americana, Nova Odessa, Santa Bárbara d’Oeste e Sumaré (Sinditec), entidade patronal com 27 anos de fundação, realizou na noite desta quinta-feira (30 de junho) uma solenidade para o recebimento da carta sindical que a oficializa como representante de toda a cadeia produtiva têxtil, tornando-se o maior das Américas nessa categoria, abrangendo 700 empresas do segmento e empregando 30 mil pessoas.

americana3

Da esquerda para a direita, Giuliani, Ciamarro, Sardelli e Zé Luiz

O secretário estadual do Emprego e Relações do Trabalho, José Luiz Ribeiro, representou o governador Geraldo Alckmin no evento, realizado no Teatro Municipal “Lulu Benencase”, de Americana. O Sinditec, que antes só atuava no ramo da tecelagem, aguardou cinco anos para que o Ministério do Trabalho e Previdência Social emitisse o documento, ampliando sua base econômica.

“Esse passo torna o sindicato mais forte, dá um maior poder de negociação, o que é essencial principalmente neste momento econômico”, disse Zé Luiz, que também destacou os esforços do Governo do Estado em fortalecer o empresariado, como no incentivo às vendas externas e ações buscando a diminuição de juros e impostos.

À imprensa, o secretário falou da necessidade de “um choque de confiança” para que os investidores voltem a acreditar no País, bem como de políticas nacionais voltadas à geração de emprego e renda. “A obtenção da carta sindical é fundamental, traz o fortalecimento desse segmento. Quando há união, isso traz um reforço, o empresário não tem mais de lutar sozinho. E não é fácil conseguir a carta, porque muitas vezes se sabe que o sindicato está apenas querendo arrecadar. Aqui é diferente”, elogiou.

americana 2O presidente da entidade, Dilézio Ciamarro, disse que antes os empresários apenas se reuniam em momentos pontuais e que agora há um fortalecimento maior na luta por problemas importantes do setor como alta carga tributária, práticas ilegais de comércio internacional e descaminhos portuários. A prática de atos sindicais e negociações coletivas também passam a ter abrangência maior. Ele destacou a “união e coragem” dos membros do sindicato. “Nosso desejo é que o setor continue empregando e se desenvolvendo”, afirmou.

O prefeito Onar Najar foi representado na cerimônia pelo secretário de Cultura e Turismo Fernando Giuliani. Também compôs a mesa o deputado estadual e coordenador da Frente Parlamentar Têxtil, Chico Sardelli. Autoridades da região e funcionários de toda a cadeia produtiva marcaram presença. A noite foi concluída com uma palestra motivacional de Steven Dubner, coordenador-geral da Associação Desportiva para Deficientes (ADD), especialista em esporte para pessoas com deficiência e técnico da Seleção Brasileira Masculina de Basquete em Cadeira de Rodas.

Assessoria de Comunicação/SERT
Texto: Adriana Rota
Fotos: Paulo Cesar Rocha
Confira mais imagens: http://bit.ly/29i5MJX