Selo da Diversidade realiza 1º Encontro da Diversidade em Botucatu

No dia 22 de novembro o Selo Paulista da Diversidade, programa gerenciado pela Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (Sert), realizou o 1º Encontro da Diversidade fora da capital.

A cidade de Botucatu solicitou o encontro, visando incentivar em suas instituições públicas e empresas locais, políticas de práticas positivas empresariais, relacionadas à questão racial, gênero, diversidade sexual e pessoas com deficiência, promovendo respeito e valorização da diversidade nos ambientes de trabalho.

Com palestras da Equipe do Selo Diversidade, comandada por Ari Friedenbach, e da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB, o encontro colocou o assunto em pauta, esclarecendo dúvidas de empresários que desejem implementar as políticas de diversidade e obter futuramente o selo em suas empresas.

Como o Selo Funciona?

O selo funciona de forma simples, se uma empresa deseja a certificação junto ao programa, ela solicita às empresas qualificadoras, reconhecidas pelo governo, para que atuem no processo para obter o selo Adesão ou o selo Pleno.

As empresas que tiverem ações de inclusão social por meio da diversidade recebem o primeiro selo de Adesão e, após o período de um ano, se as normas forem executadas corretamente, a empresa recebe o selo Pleno e é reconhecida pelo governo como parceira da diversidade.

Histórico

Criado em Agosto de 2007, o selo da Diversidade trabalha para destacar organizações públicas, privadas e da sociedade civil que desenvolvam programas, projetos e ações de promoção e valorização da diversidade.

Atualmente, está incluso nas atividades da Secretaria de Emprego e Trabalho por também tratar da empregabilidade na questão social.