Time do Emprego inicia turma na Capital

No total 60 participantes de duas turmas receberão dicas sobre o mercado de trabalho

O Time do Emprego, programa coordenado pela Secretaria Estadual do Emprego e Relações do Trabalho (SERT), realizou nesta quinta-feira (18) a abertura do primeiro encontro do Time de 2015, na capital. O evento ocorreu no auditório da SERT e reuniu cerca de 60 jovens que estão à procura de qualificação e orientação profissional.

Participaram do encontro, o Secretário de Estado do Emprego, José Luiz Ribeiro, o chefe de gabinete, Jefferson Coriteac, o coordenador de Políticas de Emprego e Renda, Pedro Nepomuceno, o coordenador de Políticas para Inserção no Mercado de Trabalho, Luciano Martins, o diretor regional da capital, Sidnei Ferreira, a supervisora do Time do Emprego, Sandra Império, além do prefeito municipal de Canas, Juscelino Amaral.

Zé Luiz ressaltou em sua fala, a importância do jovem para o mercado de trabalho tanto no Estado quanto no país. “O jovem é o presente do nosso país, vocês possuem garra, disposição e força de vontade, o jovem precisa de oportunidade e é isso que o Time do Emprego possibilita para vocês”, afirmou.

No evento, o Time do Emprego firmou parceria com a prefeitura de Canas para a abertura de turmas no município. “Essa união entre a SERT e a nossa prefeitura é muito importante, pois precisamos de pessoas qualificadas para trabalharem na cidade, com certeza será uma longa parceria”, ressaltou o prefeito da cidade, Juscelino.

A coordenadora do programa, Sandra Império, incentivou os jovens presentes a se dedicarem e aproveitarem cada ensinamento passado pelos facilitadores durante o curso. “Essa é só uma oportunidade de muitas que virão após a participação de vocês no Time do Emprego. Nesses 12 encontros vocês aprenderão muito e com certeza sairão daqui com outra visão e mais preparados para encarar o mercado de trabalho”, afirmou .

Em busca de oportunidades

Um dos participantes da turma, Ezequiel, 16 anos, morador de São Miguel, apesar da pouca idade já trabalhou em outros lugares, mas no momento está desempregado. “ Já trabalhei em outros lugares, mas o trabalho era precário e minha mãe não deixou que eu continuasse no emprego”, conta.

O jovem, estudante do segundo ano do ensino médio, busca por meio do Time do Emprego uma colocação melhor no mercado de trabalho para poder ajudar sua mãe e seus irmãos menores. “Minha mãe é a chefe da casa e queria ajudá-la com as despesas e com a criação dos meus irmãos, mas como não tenho nenhuma qualificação e pouca experiência não consigo um bom emprego, mas tenho certeza  que o Time do Emprego abrirá muitas portas para mim”, anima-se Ezequiel.

A estudante Ana Beatriz, de 17 anos, teve o incentivo da mãe para participar do Time. “Minha mãe me incentiva muito profissionalmente, eu trabalhava em uma rede de fast-food, mas meu contrato venceu, fui mandada embora e não consegui outro emprego, vim participar do Time para me qualificar e tentar um emprego melhor”, conta a jovem.

Além de estudar e trabalhar, Ana Beatriz tem outras ambições, cursar medicina e se tornar uma médica no futuro. “Meu sonho é prestar vestibular para medicina, mas precisa estudar muito para passar e eu não tenho muito tempo, pois preciso trabalhar para ajudar minha mãe, mas sei que não é impossível alcançar esse sonho, minha mãe me incentiva muito a ir atrás dos meus objetivos”, emociona-se Ana.

Mais sobre o Time do Emprego

Desde sua implantação, em 2001, mais de 35 mil pessoas passaram pelo programa no Estado. Destes, mais de 17 mil conseguiram colocação profissional.

Durante os 12 encontros – com duração de três horas –, os facilitadores apresentam técnicas de direcionamento ao mercado de trabalho, sugestões para aperfeiçoar aptidões e para produzir um currículo interessante, postura no momento da procura por emprego, dicas de comportamento em entrevistas, entre outros assuntos. Os grupos têm até 30 pessoas